Tutorial de GNU/Linux

Revisar - Este tutorial precisa ser ataualizado

O sistema operacional é o "programa mestre" do seu computador: é ele quem dá coesão a todo aquele monte de dispositivos presentes na máquina e os faz trabalhar como uma unidade para desempenhar tarefas genéricas de manipulação de dados. Os sistemas operacionais são indispensáveis no funcionamento de qualquer computador e passam por um desenvolvimento que já dura mais de 30 anos. Saber mexer num sistema operacional é indispensável para quem usa um computador, principalmente num projeto como o CMI, diretamente ligado à informática.

Destacamos então um tutorial rápido e prático sobre o sistema operacional GNU/Linux, um sistema livre e amplamente suportado pela maioria dos computadores.

Índice

Introdução: perguntas e respostas

Esse texto cobre o mínimo que um usuário de sistema linux precisa saber para se virar bem no dia-a-dia. Ele não contém informações de como instalar e administrar o sistema, mas é um guia sobre onde encontrar essas informações.

Nesta seção você encontra perguntas e repostas mais frequentes sobre o que é um computador, o que é um sistema operacional, o que é o Linux, e ainda onde encontrar mais informações sobre esses assuntos. Se você já tiver uma noção disso, é só pular para a seção seguinte, onde há informações sobre onde baixar e instalar o GNU/Linux.

O que é um Computador? O que é Hardware? O que é Software? Socorro!

Um computador, por si só, é apenas uma máquina de calcular avantajada, capaz de fazer inúmeras operações lógicas. E como toda máquina de calcular, o computador possui entrada e saída de dados, mas no computador de hoje esses dispositivos são bem mais complexos: teclado, mouse, monitor, placa de som, cd rom, etc. Esses dispositivos e mais o 'cérebro' do computador - o processador de dados e a memória - são chamados de Hardware.

No começo da computação, os computadores eram projetados para funções específicas. Se a função do computador mudasse, era preciso mudar seu projeto e construir um outro em seu lugar. Por exemplo, se alguém tivesse um computador que só calculasse a relação entre peso e altura das pessoas e precisasse de cálculos de balística, teria que construir um outro computador que só fizesse isso. E ele era mais parecido com uma calculadora de bolso do que com um computador pessoal que estamos acostumados a ver.

Os construtores de computador começaram a perceber que era possível, usando um único projeto, construir computadores que pudessem desempenhar qualquer tarefa, desde que adicionassem novos circuitos eletrônicos responsáveis por receber as instruções do que deveria ser feito. Essas instruções são o Software (ou Programa) do computador.

Note o contraste entre os termos Hardware e Software: o primeiro indica uma ferramenta difícil de se manipular (hard = duro), enquanto que o segundo alude a algo de fácil manipulação (soft = flexível). Obviamente é muito mais fácil alterar as intruções do que o computador do que ter que alterar todo um circuito eletrônico que seja capaz apenas de fazer um número reduzido de tarefas. Imagine se você precisasse de um computador só pra editar textos e outro apenas pra navegar na internet...

Com o software, o computador tornou-se uma ferramenta genérica de processamento, transmissão e recepção de informações. Quando você está editando uma imagem, o computador está manipulando informações recebidas do teclado e transmitindo para sua memória e para o monitor. Quando você escreve um texto, o computador está fazendo a mesma coisa. Quando você manda um email, o computador processa sua mensagem e a envia pela internet. Tudo que fazemos com o computador envolve processamento e comunicação de dados.

O que é um Sistema Operacional?

Quando os primeiros softwares começaram a surgir, eles eram iniciados assim que o computador era ligado. Se você quisesse rodar outro programa, era necessário reiniciar o computador então trocar o programa, que normalmente ficava armazenados em cartões perfurados, fitas magnéticas ou disquetes.

Foi assim até o dia em que alguns programadores começaram a fazer um tipo especial de programa que permitia, entre outras coisas, que outros programas fossem executados no computador sem que os mesmo precisasse ser reiniciado. Além disso, esse novo programa controlava todo o hardware do computador através de outros pequenos programas conhecidos como drivers, ou motoristas do hardware. Esse novo programa também criava o que chamamos de Sistema de Arquivos e cuida para que todos os outros programas do computador possam rodar ao mesmo tempo, compartilhando a memória e outros recursos. A esse programa cuja tarefa é gerenciar o computador damos o nome de Sistema Operacional. O sistema operacional é um programa transparente no sentido em que o usuário do computador não percebe que ele está rodando.

Mais informações sobre o que é um sistema operacional:

O que é Software Livre?

Software livre se refere à liberdade dos usuários executarem, copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o software. Mais precisamente, ele se refere a quatro tipos de liberdade, para os usuários do software:

  • A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade no. 0)
  • A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade no. 1). Aceso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
  • A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade no. 2).
  • A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade no. 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
Você pode encontrar mais informações sobre o que é software livre no sítio da Free Software Foundation,

O que é GNU/Linux?

O GNU/Linux é um Sistema Operacional, assim como o Windows, DOS ou MacOS. A diferença do Linux em relação a esses outros sistemas operacionais é que o Linux é um software livre.

O que é uma distribuição de GNU/Linux?

Uma 'distribuição' de linux é um conjunto de softwares livres que contém, além do Sistema Operacional, a maioria dos aplicativos que as pessoas usam no computador, como editores de texto, navegadores, edição de áudio e imagem, etc.

Como existem muitas aplicações possíveis para o linux - na engenharia, na pesquisa científica, na computação gráfica, ou até no uso doméstico - muitas distribuições de linux foram feitas, cada uma visando um tipo de aplicação e com programas específicos.

As distribuições mais conhecidas são Debian, Conectiva, Slackware, Gentoo, Fedora, Knoppix, Kurumin, SLAX, etc. As principais diferença entre cada uma distribuição são:

  • Formato dos pacotes, que são arquivos que contém programas, arquivos de configuração e documentação.
  • Dificuldade de instalação de configuração
  • Facilidade na atualização do sistema

Usando o Linux: onde encontrar ajuda

Este texto não pretende informar sobre onde baixar, como instalar ou configurar um sistema GNU/Linux. Pelo contrário, ele pretende apenas ser uma referência para quem pela primeira vez se interessou pelo sistema.

Se você procura por ajuda sobre o GNU/Linux, consulte um desses projetos:

Indymix

O (((i)))ndimix é uma distribuição de GNU/Linux em desenvolvimento pelo Coletivo Técnico do CMI Brasil, tendo por objetivos

  • Ensino à distância
  • Ferramentas para produção multimídia
  • Segurança e privacidade
O Indymix contém a maioria dos aplicativos necessários para os trabalhos desenvolvidos pelo CMI e é um projeto em constante desenvolvimento e aprendizado, se você quiser saber mais sobre ele, vá até a página do projeto.

Kurumin

O Kurumin é uma distribuição de Linux que tanto roda diretamente do CD (sem necessidade de instalar no seu computador ou formatar seu disco rígido) quanto pode ser instalada e usada normalmente. O Kurumin é muito fácil de ser instalado e configurado, e por isso é recomendado para todo mundo que quer instalar o linux pela primeira vez.

O Kurumin é uma distribuição baseada no Knoppix, que por sua vez é baseado no Debian. O que faz o Kurumin uma distribuição especial?

  • É uma distibuição em português
  • Roda direto do cd ou pode ser instalada
  • É uma distribuição leve e que ocupa pouco espaço
  • Autodetecta placa de som, placa de rede, placa de vídeo, etc
  • Suporte à impressão
O Kurumin tem a desvantagem de usar pacotes de muitos lugares diferentes, o que pode dificultar a instalação de softwares. Mesmo assim ele é um ótimo ponto de partida.

Existe uma boa documentação e um livro sobre o Kurumin, cobrindo o download, a instalação, a configuração e a manutenção do sistema. Existem variantes do Kurumin, como o Kalango Linux.

Debian

O Debian é a distribuição de GNU/Linux com maior desenvolvimento. Ela é de uso geral, é segura e tem um avançado sistema de pacotes. Sua instalação não é tão simples quanto a do Kurumin, mas uma vez instalado o sistema é muito mais estável e seguro.

Debian BR

O Debian BR é uma customização do Debian para o portugês brasileiro voltada para computadores de mesa (desktops). Ela possui todas as facilidades do Debian e já vem com um desktop padrão bem amigável, o que faz dela uma ótima pedida.

Ubuntu

O Ubuntu é uma das distribuições de GNU/Linux mais promissoras para o usuário final. Possui uma comunidade muito prestativa e sua velocidade de desenvolvimento é alta. O Ubuntu é baseado no Debian e é uma das melhores opções para o/a usuário iniciante.

GNU/Linux para montagem de telecentros

O sistema GNU/Linux é a solução ideal se você precisa montar uma sala de computadores, mesmo que a maioria dos computadores sejam velhos. No manual Montagem de Telecentros explicamos como montar esse tipo de sala usando exclusivamente o sistema GNU/Linux.

A escrever

  • O que pode ser feito com o GNU/Linux?
  • Com o que ele se parece?
  • Fóruns e listas de discussão
  • Grupos de usuários/as (exemplo: Debian-CE)
  • História
-- SilvioRhatto - 13 Apr 2006
Topic revision: r25 - 29 Jul 2009 - 17:38:34 - ElisaX
 
This site is powered by FoswikiCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding Foswiki? Send feedback